Integrarte_COLOR

Visita a página do Projecto Erasmus+ Integr-Arte em: http://fyme-erasmusplus.org/integr-arte/

Proyecto  INTEGR-ARTE – Desarrollo de Competencias a traves del Arte y la Inteligencia Emocional, para Mejorar los Aprendizajes y las Situaciones de Exclusion Social.

Entidade coordenadora: Fundación Yehudi Menuhin España.

Entidades participantes: Associação Yehudi Menuhin Portugal, MUS-E Roma ONLUS, Ayuntamiento de Paterna, Regione Lazio, Universidad de Extremadura, Ceip Santa Engracia, Universitat de Valencia, Colegio Público Antonio Ferrandis, Istituto Comprensivo via Ferraironi, Istituto Comprensivo Via Belforte del Chienti e Università degli Studi “Roma Tre”.

Outras entidades colaboradoras: Universidade de Évora (a convidar) e Agrupamento de Escolas de Évora Manuel Ferreira Patrício.

O Projecto Integr-arte pretende criar um espaço em rede para o intercâmbio de boas práticas, de experiências de formação e de materiais. Partir-se-á da pesquisa sobre as nossas cidades e as nossas realidades pessoais, mediante a elaboração de espectáculos de dança e de música. Os produtos finais serão desenvolvidos pelos alunos dos Jardins de Infância e das Escolas do 1º ciclo envolvidas, em horário curricular e, também, fora das actividades lectivas. Trabalharemos com artistas, utilizando técnicas inovadoras para plasmar diferentes perspectivas sobre a realidade. Recolheremos num documentário a cidade vivida pelas crianças participantes no projecto (cerca de 800) e compará-la-emos com a cidade imaginada pelas suas famílias e professores. O produto final permitir-nos-á refletir e aprofundar os problemas emocionais e sócio- culturais dos alunos, e ajudar-nos-á a superar situações de conflito. Será desenvolvido um espaço e-twinning de intecâmbio de livre acesso para as comunidades educativas dos três países participantes.

Os objectivos do INTEGR-ARTE são:

  1. Desenvolver uma metodologia de intervenção através da arte, para ajudar a prevenir o absentismo, visando transformar a realidade. Actualmente utiliza-se muito o trabalho a partir da arte, mas torna-se necessário adicionar a esse trabalho um processo de reflexão. Por isso, pretende-se englobar no projeto quatro universidades (três delas já universidades parceiras) e a experiência das metodologias utilizadas no MUS-E, desde 1999, pela FYME, AYMP e pelo MUS-E Roma.
  2. Trocar experiências entre os parceiros e aplicá-las nas escolas com alunos em risco de exclusão e com minorias étnicas, dos 4 municípios envolvidos: Paterna (Valencia), Badajoz, Évora e Roma.
  3. Realizar um trabalho prático e participativo na educação intercultural que facilite a coesão social e a convivência, e que melhore a motivação para a aprendizagem dos alunos, reduzindo os problemas de absentismo.
  4. Capacitar os profissionais da educação com novas ferramentas e técnicas para o trabalho social em âmbito educativo, para melhorar a coesão social e as aprendizagens. Este trabalho será apoiado pelas universidades.
  5. Desenvolver trabalho intersectorial, já que o projecto implica diversos responsáveis educativos: equipas de gestão, professores e associações de pais nas escolas, universidades, entidades públicas municipais, organismos públicos regionais, associações educativas, voluntários e futuros profissionais da educação (estagiários das universidades).

Organizar-se-ão três encontros transnacionais de formação, coordenação e intercâmbio de boas práticas (em Badajoz / Évora, Paterna e Roma) a que assistirão representantes dos 12 parceiros. A formação ficará a cargo de uma equipa de formadores que trará conhecimentos artísticos, de intervenção social e pedagógicos.

Realizar-se-ão também acções de coordenação, de planificação, de monitorização e de avaliação do processo, que contarão com a presença dos parceiros do projecto e de representantes das comunidades educativas de cada município. As pessoas formadas em cada município transmitirão as suas aprendizagens à comunidade e colaborarão na realização de espectáculos com alunos de famílias em risco de exclusão, principalmente famílias de origem imigrante.